Palestrantes

Prof. Dr. Ricardo Antunes (UNICAMP)

É graduado em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV-SP), mestre em Ciência Política pela UNICAMP (1980) e doutor em Sociologia pela Universidade de São Paulo (1986) com a tese “As formas de greve: o confronto operário no abc paulista – 1978/80”, que deu origem ao livro “A rebeldia do trabalho”. Em 1994, obteve o título de professor Livre-Docente em sociologia do trabalho na UNICAMP com a tese “Adeus ao trabalho?” e, em 2000, o concurso de Professor Titular de sociologia do trabalho, pela mesma universidade, com a tese “Os sentidos do trabalho”.

Foi Professor de Sociologia na FGV-SP e na UNESP/Araraquara. Foi Visiting Research Fellow na Universidade de Sussex (Inglaterra); Visiting Professor na Universidade Ca’Foscari (Veneza/Itália) e na Universidade de Coimbra (Portugal). Ministrou conferências em várias universidades na Europa, EUA, América Latina e Ásia. Recebeu a Cátedra Florestan Fernandes da CLACSO e a Comenda do Tribunal Superior do Trabalho (TST), dentre outros.

Prof. Dr. Patrício Langa (Universidade Eduardo Mondlane – Moçambique)

Patrício V. Langa é Professor de Sociologia, Estudos do Comparados do Ensino Superior, Políticas Públicas de Ciência e Inovação na Faculdade de Educação da Universidade Eduardo Mondlane (UEM) em Moçambique. Coordena programas internacionais de doutoramento em Estudos do Ensino Superior e em Estudos Comparados de Políticas Públicas de Ciência e Inovação (CHEPIS) com parceiros do KTH Royal Institute of Technology em Estocolmo, Suécia, na Universidade do Cabo Ocidental, África do Sul. Faz supervisão de estudantes internacionais de doutorado e mestrado em Moçambique, África do Sul, Holanda, Suécia e Bélgica entre outros países. Estabeleceu o primeiro Programa de Mestrado em Estudos e Desenvolvimento do Ensino Superior (MESD) em Moçambique, em colaboração com a Universidade de Oslo (UiO) na Noruega e a UWC.

É pesquisador e professor visitante em várias universidades e centros de pesquisa, incluindo a Universidade Olso na Noruega, a Universidade Danube Krems (DUK) na Áustria e o Centro para o Ensino Superior (CHET) na África do Sul, Instituto para o Ensino Superior na Etiópia. Prof Langa é formado em Ciências Sociais, Sociologia e Estudos do Ensino Superior, respectivamente, na UEM e na Universidade da Cidade do Cabo (UCT), África do Sul. Em 2008 fundou o Centro para o Estudo do Ensino Superior e Desenvolvimento (CESD) e também a Associação Sociológica de Moçambique (AMS), que preside.

O Prof. Langa actuou como o primeiro Diretor Nacional de Avaliação Externa no Conselho Nacional de Garantia da Qualidade do Ensino Superior em Moçambique (CNAQ). Foi membro do Conselho Nacional de Educação Superior (CNES). Lidera vários projectos de pesquisa internacionais em Moçambique, CEDEAO, SADC e região da África Oriental.

Prof. Dr. Elisio Macamo (Universidade da Basiléia, Suiça)

Elisio Macamo ist Professor für Soziologie mit Schwerpunkt Afrika an der Universität Basel (seit Oktober 2009). Zuvor lehrte er Entwicklungssoziologie an der Universität Bayreuth, wo er Gründungsmitglied der Bayreuth International Graduate School of African Studies war. Geboren und aufgewachsen ist er in Moçambique. Er studierte in Maputo (Moçambique), Salford und London (England) und Bayreuth (Deutschland). Er hat einen Master in Translation and Interpreting (Salford), einen Master in Sociology and Social Policy (University of North London) und ein PhD und eine Habilitation in allgemeiner Soziologie (Bayreuth). Er was Post-Doctoral Fellow in Bayreuth, Research Fellow am Zentrum für Afrikastudien in Lissabon (Portugal), AGORA-Fellow am Wissenschaftskolleg zu Berlin und Gastdozent an der Eduardo Mondlane Universität in Miçambique. Für CODESRIA (Council for the Development of Social Science Research in Africa, Dakar, Senegal) bietet er regelmässig methodologische Workshops für lusophone afrikanische Doktoranden an.

Prof. Dr. Vicente Sisto (Pontificia Universidade Católica de Valparaiso – Chile)

Vicente Sisto es Dr. en Psicología Social por la Universitat Autònoma de Barcelona. Profesor Titular de la Escuela de Psicología de la Pontificia Universidad Católica de Valparaíso, de la cual fue Director entre los años 2011 y 2014. Actualmente se desempeña como Director del Doctorado en Psicología e Investigador Principal de Centro de Investigación para la Educación Inclusiva. Además, es investigador responsable del Grupo de Estudios TRASAS (Trabajo, Subjetividad y Articulación Social) de la misma escuela y co-editor de la Revista Psicoperspectivas (www.psicoperspectivas.cl).

Es miembro fundador de la Red Chilena de Estudios del Trabajo (RET-Chile) y Co-coordinador de la sección chilena de la Red Latinoamericana de Estudios en Trabajo Docente (Red ESTRADO). Además es miembro del Grupo de Trabajo “Trabalho e processos organizativos na contemporaneidade” de la Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP, Brasil). Ha sido Profesor visitante en la Universidad Federal de Minas Gerais (Brasil), la Universitat Autònoma de Barcelona (España), la Universidad del Valle (Cali, Colombia) y la Universidad de Buenos Aires (Argentina), entre otras. En la actualidad es miembro del directorio del Centro de Estudios de la Mujer (CEM) y miembro del grupo de estudios en Sociología del Fondo Nacional para el Desarrollo de la Ciencia y la Tecnología (Fondecyt).

Su investigación se ha orientado al estudio de las consecuencias sociales y subjetivas de los procesos de flexibilización y desregulación laboral, así como al abordaje de los procesos locales, resistencias, traducciones y modulaciones, mediante los cuales se concreta la implementación de las políticas públicas de gestión, con especial atención a su despliegue e impacto en el trabajo público. Estas investigaciones han sido apoyadas por CLACSO (Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales) y FONDECYT, entre otras agencias. Además ha desarrollados proyectos de colaboración investigativa financiados por el CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico, Brasil).  Ha realizado más de 50 publicaciones entre artículos en revistas científicas y capítulos de libro, siendo coautor del libro Crisi del treball i emergència de noves formes de subjectivitat laboral en els joves, el que obtuvo el Premio Joventut a la mejor investigación en temas de Juventud en Cataluña (2001).

Profa. Dra. Myriam Faldfeber (Universidade de Buenos Aires – UBA)

Licenciada en Ciencias de la Educación (UBA). Magister en Ciencias Sociales con Mención en Educación (FLACSO). Doctoranda de la Facultad de Filosofía y Letras (UBA). Profesora de Política Educacional y del Seminario de Proyectos Políticos Educativos de la Facultad de Filosofía y Letras (UBA) y Profesora de Política e Instituciones Educativas y de Sociología de la Educación en la Facultad de Ciencias Sociales (UBA). Profesora de Posgrado en Universidades nacionales. Investigadora del Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Educación, Facultad de Filosofía y Letras (UBA). Autora de diversos artículos sobre política educacional, reformas educativas y políticas de formación docente publicados en libros y revistas nacionales e internacionales. Es coautora de La educación en las Cumbres de las Américas. Un análisis crítico de las políticas educativas de la última década (Miño y Dávila, con Fernanda Saforcada) y compiladora y autora de Políticas educativas y trabajo docente: nuevas regulaciones, ¿nuevos sujetos? (Noveduc, 2006).

Profa. Dra. Fernanda Saforcada (Universidade de Buenos Aires – UBA)

Doctora en educación por la Universidad de Buenos Aires. Profesora e investigadora en la Universidad de Buenos Aires (UBA) y en la Universidad Nacional de San Martín (UNSAM). Directora del Observatorio del Derecho a la Educación, en el Ministerio de Educación de la Nación y Ex Directora Académica del Consejo Latinoamericano de Ciencias Sociales (CLACSO). Ha publicado libros y artículos sobre temas de política educativa. Sus libros más recientes son “La regulación del trabajo y la formación docente” y “Tendencias de privatización y mercantilización de la universidad en América Latina”, ambos de 2019.

Profa. Dra. Vera Peroni (UFRGS)

Vera Maria Vidal Peroni é doutora em Educação e professora convidada do curso de pós graduação em educação da UFRGS.. Participa do grupo nacional de pesquisa sobre a relação entre o público e o privado na educação. É líder do Diretório Grupo de Pesquisa Estado e políticas públicas de Educação Básica. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Estado e política educacional, política educacional brasileira, relação público/ privado. Sua pesquisa mais recente trata das “IMPLICAÇÕES DA RELAÇÃO PÚBLICO-PRIVADA PARA A DEMOCRATIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO NA AMÉRICA: ARGENTINA, BOLÍVIA, BRASIL, CHILE, URUGUAI E VENEZUELA.

Profa. Dra. Elza Peixoto (UFBA)

Pós-Doutora em Filosofia da Educação pela Universidade de Lisboa (2014-2015). Estágio Pós-Doutoral na ESEFID-UFRGS (2019-2020). Doutora em Filosofia e História da Educação (2007) pela Faculdade de Educação da UNICAMP. Mestre em Educação Física (1996) pela Faculdade de Educação Física da UNICAMP. Professora Associada 1 da Universidade Federal da Bahia (2011- ). Atuou no Programas de Pós-Graduação “Mestrado Associado em Educação Física UEM/UEL” (2008-2013). Atua no “Programa de Pós-Graduação em Educação da FACED/UFBA” (2011- ), linha Educação, Cultura Corporal e Lazer. Orientadora de Mestrado e Doutorado. Atuou como pesquisadora nos projetos (a) do Diagnóstico Nacional do Esporte; (b) Epistefe Nordeste. Líder do Grupo Marxismo e Políticas de Trabalho e Educação – M.T.E. FACED UFBA. Fundadora e Editora da Revista Germinal: Marxismo e Educação em Debate entre 2008-2020. Pesquisa a contribuição da Concepção Materialista e Dialética da História para a produção do conhecimento, as políticas educacionais, a formação e o trabalho pedagógico. Desenvolve atualmente pesquisas (a) sobre o tema da prática na obra de Karl Marx e de José Barata-Moura; e (b) sobre as condições de trabalho e formação de professores de educação física que atuam na rede de educação básica dos Estados da Região Nordeste, com a primeira fase dedicada ao Estado da Bahia.

Prof. Dr. Júlio Diniz-Pereira (UFMG)

Professor Titular da Faculdade de Educação (FaE) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É Doutor (Ph.D.) em Educação (mais especificamente, em Sociologia do Currículo e da Formação de Professores) pela University of Wisconsin-Madison, nos Estados Unidos (2004). Como Professor em Dedicação Exclusiva (D.E.) da UFMG desde 1997, além de inúmeras representações acadêmicas, coordenou o Núcleo de Assessoramento à Pesquisa da Faculdade de Educação (NAPq/FaE/UFMG; 2013-2015; 2015-2017) e também assumiu a Coordenação Pedagógica do Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID/FaE/UFMG; 2014-2017). Por duas vezes, foi membro do Comitê Assessor da Pró-Reitoria de Pesquisa (PRPq/UFMG) na Área de Ciências Humanas (2008-2010; 2018-2019) e, atualmente, é o seu Presidente. Professor Visitante nas seguintes universidades nos Estados Unidos: North Carolina State University (como Short Term Scholar em 2016), University of Wisconsin-Madison (como Short Term Scholar em 2005, 2006, 2008, 2012, 2013, 2014 e 2015) onde lecionou o curso Paulo Freire and Education for Social Justice, e na University of Washington-Seattle (como Visiting Associate Professor), onde desenvolveu sua pesquisa de pós-doutoramento (2011-2012) e também ministrou o referido curso (2011). Professor Visitante do Centro de Estudios Avanzados da Universidad de Playa Ancha (Chile) com bolsa da Comissión Nacional de Investigación Científica y Tecnológica (CONICYT). Membro do Consejo Asesor Científico do Centro de Investigación en Educación para la Justicia Social (CIEJUS) no Chile. Professor Colaborador da REAMEC – Rede Amazônica de Doutorados de Educação em Ciências e Matemática – Linha de Pesquisa: Formação de professores para a Educação em Ciências e Matemática. É membro-fundador de dois núcleos de pesquisa na UFMG: o Núcleo de Pesquisas sobre a Profissão Docente (PRODOC) e o Núcleo de Educação de Jovens e Adultos: Formação e Pesquisa (NEJA). No Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE) da UFMG foi Coordenador da Linha de Pesquisa DOCÊNCIA (2016-2018; 2018-2019), é o Coordenador atual do curso de Doutorado Latino Americano (DLA; 2019-atual) e responsável pelas disciplinas: Tendências da Pesquisa sobre Formação de Professores; e Profissão Docente na América Latina (esta última obrigatória para o DLA do PPGE/FaE/UFMG). Desenvolve e orienta pesquisas sobre as seguintes temáticas: políticas públicas, legislação e reformas curriculares na formação de professores; profissão, trabalho e identidade docente; aprendizagem da docência e construção de saberes docentes; a epistemologia da experiência na formação docente; pesquisas narrativas na formação de professores; pesquisa sobre e na formação docente; formação de educadores, diversidade cultural e movimentos de luta por justiça social. Diniz-Pereira tem 59 artigos publicados na área da formação de professores, em periódicos nacionais e estrangeiros. Autor de dois livros: Formação de professores: pesquisas, representações e poder (Belo Horizonte, Autêntica, 2000) e How the Dreamers are Born: Struggles for Social Justice and the Identity Construction of Activist Educators in Brazil (New York, Peter Lang, 2013). Além disso, tem capítulos de livros (cinquenta e um) e livros organizados no Brasil (oito), em Portugal (dois) e no Chile (um). Fez 282 apresentações ao longo de sua carreira (incluindo conferências de abertura e de encerramento de eventos científicos, aulas inaugurais, palestras, participações em mesas redondas e apresentações de trabalho no país e no exterior). Participa do GT8 (Formação de Professores) da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Educação (ANPEd), desde 1993. Editor-chefe da Formação Docente – Revista Brasileira de Pesquisa sobre Formação de Professores, periódico eletrônico do GT8 da ANPEd (2008-2011; 2011-2014). Finalmente, coordena a Coleção Docência da Editora Autêntica, de Belo Horizonte.

Prof. Dr. Jonildo Viana dos Santos (UERR)

Professor na Área de Habilitação em Ciências Sociais no Curso de Licenciatura Intercultural do Instituto Insikiran da Universidade Federal de Roraima – UFRR. Ex-Coordenador do Curso de Licenciatura Intercultural/Insikiran. Coordenador Adjunto da Ação: Saberes Indígenas na Escola – SEMESP/MEC (UFRR). Coordenador do Núcleo Histórico Socioambiental – NUHSA. Doutor em Educação pelo PPGE/FACED – UFAM (2015). Linha de Pesquisa: Formação e Práxis do(a) Educador(a) Frente aos Desafios Amazônicos. Mestre em Educação pelo PPGE/ FACED – UFAM (2007). Linha de Pesquisa: Processos Educativos e Identidades Amazônicas. Graduado em Ciências Sociais/Antropologia pelo Centro de Ciências Humanas – CCH da Universidade Federal de Roraima UFRR (2004).

Profa. Dra. Alda Maria Duarte Araújo Castro (UFRN/UFPA)

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal de Sergipe (1977), mestrado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (1998), doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2001) e Pós Doutorado na Universidade de Coimbra. Atualmente é professor Associado da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas de formação de professores, políticas de educação a distância e de educação superior. Exerceu a função de Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Norte de 2012 a 2015. Pesquisadora integrante da Rede Universitas/Br.

Profa. Dra. Zélia Amador de Deus (UFPA)

Possui graduação em Licenciatura Plena em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Pará (1974), curso de formação de ator (1974), mestrado em Estudo Literários pela Universidade Federal de Minas Gerais (2001), doutorado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (2008). É Professora da Universidade Federal do Pará desde 1978, na qual ministra, além de outras disciplinas: História da Arte; História e Teoria do Teatro; Estética. É Atriz e Diretora de Teatro. Atuou como Diretora do Centro de Letras e Artes da UFPA no período de 1989 a 1993. Vice-Reitora da UFPA (1993 a 1997). Ativista do movimento Negro, co-fundadora do Centro de Estudos e Defesa do Negro do Pará – CEDENPA – (1980). Membro do Grupo Interministerial de Valorização da População Negra -GTI – (1996 a 2001). Coordenadora do Núcleo de Arte da UFPA (1997a 2001). Implantou e coordenou o Programa de Ação Afirmativa do Ministério do Desenvolvimento Agrário (2001 a 2003). Membro da Comissão Técnica Nacional de Diversidade para Assuntos Relacionados à Educação dos Afro-Brasileiros – CADARA. Co-fundadora do Grupo de Estudos Afroamazônico da UFPA (2003). Atualmente é professora associada da Universidade Federal do Pará. Membro da CADARA; Membro fundadora do Grupo de Estudos Afroamazônico da UFPA; Coordenadora do Curso de Especialização- “Saberes Africanos e Afro-Brasileiros na Amazônia (Latu Sensu) (2011); Ex-Presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores negros-ABPN.Tem experiência na área de Letras, Teatro com experiência em História da Arte; Estética com ênfase em Arte e Literatura, atuando principalmente nos seguintes temas: cultura, arte, teatro, literatura negro, política de Ação Afirmativa,educação e Afro-Diáspora.

Prof. Dr. Alpesh Maisuria (UWE – Reino Unido)

He is Associate Professor of Education Policy in Critical Education, University of the West of England, Bristol, UK. Through underlabouring Marxism with Critical Realist philosophy of science, which is largely terra incognita, his work examines the ideological and political drivers of policy decisions to critique the role and function of education in (re)producing forms of inequality. Having completed PhD fieldwork in Sweden, and taught about the Cuban model of education for many years, he has a comparative/international education interest. In these areas of Critical Education, he has an extensive publications record, and has been decorated for his efficacious teaching. Alpesh is the Joint Deputy Editor of Journal for Critical Education Policy Studies (JCEPS) and is an organiser of the International Conferences on Critical Education (ICCE). He is the co-convenor Marxism and Education: Renewing Dialogues (MERD), which is a long-standing seminar series (see the Facebook group).

Prof. Dr. Salomão Mufarrej Hage (PPGED/UFPA)

Possui graduação em Agronomia (1982) e em Pedagogia (1987), mestrado em Educação: Supervisão e Currículo (1995), Doutorado Sanduíche pela Universidade de Wisconsin-Madison (1999) e doutorado em Educação: Currículo pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2000). É professor do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Programa de Linguagens e Saberes da Amazônia. É bolsista produtividade do CNPq. Coordena o Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação do Campo na Amazônia, Integra a Coordenação do Fórum Paraense de Educação do Campo e Coordena a Escola de Conselhos Pará: Núcleo de Formação Continuada de Conselheiros Tutelares e de Direitos da Amazônia Paraense. Na área de Educação, privilegia as seguintes temáticas: educação do campo, políticas educacionais, educação de jovens e adultos, currículo e formação de professores na Amazônia.

Profa. Dra. Lucia Isabel da Conceição Silva (PPGED/UFPA)

Possui graduação em Psicologia pela Universidade Federal do Pará (1991) e Doutorado em Teoria e Pesquisa do Comportamento pela Universidade Federal do Pará (2006). Atualmente é professora Associada III do quadro efetivo do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará, atuando como professora da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Pará. Vice-coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação da UFPA (2018-2020; 2020-2022). Militante e ativista de direitos humanos. Tem experiência na área de psicologia, educação, direitos humanos e processos educativos nas periferias. Realiza pesquisas sobre Desenvolvimento humano de adolescentes e Jovens; Violências, risco e proteção na juventude, sobretudo jovens negros e negras e periféricos, racismo e relações raciais, gênero e feminismos. Tem ainda experiência em formação e assessoramento de professores da educação básica, movimentos de Educação Popular, formação sociopolítica de jovens, educadores sociais, mulheres e lideranças dos movimentos sociais. Coordena desde 2016 projeto de extensão de Educação Popular e cursinhos populares de preparação ao ingresso no Ensino Superior. Líder, desde 2012, do Grupo de pesquisas sobre adolescência e juventude e fatores de vulnerabilidade e proteção – GEPJUV/UFPA. Diretora Regional Norte da Associação Nacional Rede de Pesquisadores e Pesquisadoras da Juventude Brasileira-REDEJUBRA (2021-2023).

Profa. Dra. Vera Lúcia Jacob Chaves (PPGED/UFPA)

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará (1989), graduação em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Pará (1977), Mestrado em Educação e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Pará (1996) e doutorado em Educação-Conhecimento e Inclusão Social (Nota 7) pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005), com Pós-Doutorado no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa e Pós-Doutorado no Programa de Políticas Públicas e Formação Humana da UERJ. Foi coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação – PPGED da UFPA de 2018 a 2020. Atualmente é professora Titular aposentada da UFPA e orienta em nível de Mestrado e Doutorado. É pesquisadora bolsa produtividade nível 1D do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Educação Superior – GEPES e é vice-coordenadora do GT-11 – Políticas da Educação Superior da ANPEd. É coordenadora geral da rede UNIVERSITAS/BR. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Política Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: política educacional, política da educação superior, trabalho docente, gestão educacional e financiamento da educação superior. Foi Vice-presidente da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Educação- ANPEd (2013-2017). É Diretora do Fórum da Gestão do Ensino Superior de Países e Regiões de Língua Portuguesa, pesquisadora da Rede de Estudos sobre Trabalho Docente e da FINEDUCA. É membro do Conselho editorial de várias revistas científicas da área da educação.

Profa. Dra. Olgaíses Maués (PPGED/UFPA)

Professora Titular da Universidade Federal do Pará (aposentada). Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal do Pará, com mestrado em Educação pela Universidade de Brasília e doutorado em Sciences de L’éducation – Université des Sciences et Technologies de Lille III, Lille, França. Fez pós-doutorado na Université Laval, Quebec, Canada, 2002, na Universidade Federal de São Carlos, 2007, e na UFMG, 2011. Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPA. Ex Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPA. Ex Coordenadora do Fórum de Programas de Pós-Graduação do Norte, FORPRED Norte. Coordena Pesquisa, orienta em nível de pós-graduação. Trabalha com as seguintes disciplinas: Teorias da Educação; Políticas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas públicas para a educação superior e educação básica, , formação de professores, trabalho docente e Internacionalização do Ensino Superior. Coordena na UFPA o Grupo de Estudo e Pesquisa sobre Políticas Educacionais, Formação e Trabalho Docente. É membro associado do Centre de Recherche Interuniversitaire sur la formation et la profession enseignante (CRIFPE), pertencente à UNIVERSITÉ LAVAL – Quebec, Canadá. É associada às seguinte entidades acadêmico-científicas: – Associação Nacional pela Formação dos Profissionais da Educação (ANFOPE); – Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Educação (ANPED); Sociedade Brasileira pelo Progresso da Ciência (SBPC ); Associação Nacional de Políticas e Administração da Educação (ANPAE).

Prof. Dr. Waldir Ferreira de Abreu (PPGED/UFPA)

Pós-Doutor em Ciências da Educação – UC/Brasil-Espanha (2013), Doutor em Ciências Humanas e Educação pela PUC-Rio (2010), Mestre em Educação e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Pará (2002), fez Especialização em Educação Especial ( 1998 ) e Especialização em Serviço Social na Gestão das Políticas Sociais ( 1999 ) pela Universidade Federal do Pará. Possui graduação em Pedagogia (1993 ) e Licenciatura em Educação Especial ( 1996 ) pela Universidade do Estado do Pará/UEPA. Estudou Teologia no Instituto de Ciências Religiosas da Arquidiocese de Fortaleza/ICRE-FAFIFOR (1986-1989 ) e Filosofia na Universidade Federal do Pará/UFPA (1996-1999 ). Professor Associado II da Universidade Federal do Pará, Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Educação -PPGED/ICED/UFPA, Filiado a Associação Nacional de Pós-Graduação em Pesquisa e Educação (ANPED). Coordenador do FORPRED Norte, membro do Comitê Científico e Fundador da Revista Margens, membro colaborador da Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Professor de Didática e Filosofia da Educação/UFPA. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Infância e Filosofia-GEPEIF/UFPA/CNPq. Foi Coordenador Pedagógico da Organization Terre des Hommes/SUISSE-BRASIL ( 1989-1995).